A profissão de comércio exterior (minha experiência entre 1993 até hoje)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A profissão de comércio exterior (minha experiência entre 1993 até hoje)

Mensagem  Admin em Sex Dez 11, 2015 3:02 pm

Artigo do professor da GS Educacional:

Professor Henrique Mascarenhas (*)

Quando resolvi fazer vestibular para Comércio Exterior em 1993, tinha uma noção muito vaga das atividades exercidas por este profissional e fiz o vestibular motivado principalmente pela possibilidade de trabalhar com empresas e com pessoas em todo mundo. Sabia basicamente que este profissional atuava com importação e exportação, sabia que ele comunicava e negociava com pessoas e empresas em outros países e sabia que ele precisava ser um profissional versátil para lidar com diferentes culturas e situações.

E para quem ainda não sabe, o nome correto do curso é (Administração de Empresas com habilitação em Comércio Exterior), sendo o profissional que forma em Comércio Exterior, um administrador de empresas e a principal função deste profissional é planejar e gerenciar as atividades de importação e de exportação.

Naquela época quando fiz o vestibular poucas empresas no Brasil trabalhavam com importação e exportação e o mercado brasileiro ainda não estava muito aberto aos produtos importados e também poucas empresas faziam exportação. Havia poucas oportunidades de emprego e de estágio pois o setor ainda estava bastante limitado e ainda estava começando a se consolidar como um dos segmentos mais importantes da economia.

Em 1993 a internet, a informática e os sistemas de comunicação ainda estavam começando a ganhar força e o mundo praticamente não era globalizado. Eu vivenciei a era do fax (pois não existia email), para encontrar fornecedores no exterior dependiamos de catálogos impressos que chegavam através dos Correios (não havia sites B2B e nem internet para pesquisar nomes de fornecedores), era necessário ir pessoalmente ao Banco do Brasil pegar guias de importação que precisavam ser datilografadas e entregues depois pessoalmente na agência e tudo era muito mais complicado do que é hoje.

Lembro que muitos colegas desistiram do curso na faculdade e poucos deles ainda trabalham com comércio exterior até hoje. O curso na faculdade começou com cerca de 50 alunos inscritos e terminou com mais ou menos 16 alunos formados e destes 16 apenas uns 4 alunos ainda devem estar trabalhando com comércio exterior. Naquela época (de 1993 a 1997) o mercado não era tão aberto e não havia muitas empresas atuando com importação e exportação.

Atualmente a situação é bem diferente, a economia brasileira cresceu bastante nos últimos anos, temos uma abertura muito maior do mercado para os produtos importados, quase todas as empresas hoje tem interesse em fazer importações e muitas delas já fazem, empresas de todos os portes e de todos os segmentos podem atuar com comércio exterior, o processo contínuo de globalização junto com o rápido desenvolvimento da internet, da informática, dos sistemas de comunicações e também o acesso facilitado aos mais diversos tipos de cursos, aceleraram a inserção do profissional que atua na área de comércio exterior.

Um detalhe interessante que tenho observado entre nossos alunos dos cursos presenciais e à distância é que muitos deles não são formados em Comércio Exterior e que muitas empresas onde eles trabalham (seja pequeno a grande porte e até mesmo multinacionais) não possuem muitos funcionários que são formados nesta área. Posso dizer que 90% dos alunos que tive até hoje (e já tive muitos alunos) não eram formados em Comércio Exterior e que por estarem trabalhando nesta área ou por estarem buscando oportunidades de emprego ou abrir o próprio negócio, resolveram fazer o curso para obter os conhecimentos necessários para trabalhar.

Por outro lado também entendo porque muitas empresas nem sempre fazem questão de ter um profissional formado em Comércio Exterior pois a maioria dos cursos de graduação que são oferecidos atualmente (provavelmente em quase todas as áreas) estão formatados para serem cursos mais teóricos do que práticos e a maioria das pessoas que tem um diploma de bacharel em alguma área, quase sempre possui poucos conhecimentos práticos e quase nenhuma experiência real dentro do ramo de atividade que vai exercer. Então a maioria dos alunos que acabam de formar, tem um diploma mas não sabem trabalhar.

Percebendo esta situação (pela qual também passei após formado em 1997), resolvemos criar nossos cursos de uma forma simples, fácil e didática, unindo a teoria com a prática e desta forma nossos alunos em pouco tempo (mesmo aqueles sem nenhum conhecimento) conseguem alcançar um nível de conhecimento e de capacitação muito alto, que realmente permite atuar nas atividades de comércio exterior de uma empresa e aqueles que já atuam nesta área conseguem aprofundar em assuntos e ganhar conhecimentos que permitirá desempenhar melhor suas atividades.

Quando digo desempenhar melhor as atividades digo até mesmo evitar erros básicos que podem causar grandes prejuízos financeiros para as empresas e já observei diversas vezes nos cursos como alguns alunos percebem durante as aulas como alguns procedimentos anteriores estavam errados e como poderão corrigir e resolver diversas situações com os conhecimentos e orientações recebidos.

E para aqueles que desejam fazer o curso de graduação em Administração de Empresas com habilitação em Comércio Exterior, coloco abaixo os prós e os contras do curso de graduação:

Prós

– Melhora seu currículo e aumenta suas chances de ser contratado.

– Algumas empresas fazem questão de contratar apenas pessoas formadas nesta área.

– Para exercer algumas atividades será necessário o diploma.

– Você também ganha conhecimentos em outras áreas de Administração de Empresas.

– Você vira um profissional mais valorizado e respeitado no mercado.

– O aluno ganha uma boa base de conhecimentos que facilitará o aprendizado de outros assuntos e na execução das atividades profissionais.

Contras

– O nível de conhecimento oferecido na maioria dos cursos de graduação é muito baixo.

– Você obterá muito conhecimento teórico e pouco conhecimento prático.

– Você vai ter muitas matérias que não estão diretamente relacionadas com a área de Comércio Exterior.

– Precisará obter conhecimentos complementares fora do curso (seja fazendo outros cursos, estágio ou já trabalhando).

– Alguns assuntos importantes não serão tratados durante o curso.

– O tempo necessário para formar é muito grande (pelo menos 4 anos).

E para terminar este artigo posso dizer que a base de conhecimentos que tive na faculdade foi válida, mas que deixei de aprender muitas coisas importantes que só consegui aprender após concluído o curso (seja através de outros cursos, de livros, de pesquisas, da experiência de outras pessoas, no dia a dia profissional, etc).

Fica aqui minha sugestão final para quem deseja começar a trabalhar na área de comércio exterior:

A curto prazo: faça cursos de alto nível e de boa qualidade (existem vários no mercado) mas que não sejam cursos de nível superior para você poder obter conhecimentos de forma imediata, objetiva e prática.

A longo prazo: se você quiser mesmo ter um curso de nível superior, faça uma boa faculdade para que daqui uns 4 anos você tenha seu diploma como bacharel e esteja melhor capacitado e preparado para atuar no mercado. Atualmente existem poucas faculdades que oferecem o curso de Comércio Exterior, muitas faculdades só oferecem os cursos de Relações Internacionais ou Negócios Internacionais (que não é a mesma coisa). E após obter sua graduação, você pode fazer uma pós ou MBA que também ajuda muito, principalmente se o curso for de boa qualidade e a instituição tiver boa reputação.

Desejo sucesso na sua vida pessoal e profissional.

(*) Prof. Henrique Mascarenhas é Professor coordenador dos cursos de Comércio Exterior da GS Educacional

Contato: www.gseducacional.com.br / gseducacional@hotmail.com

Link do artigo.: http://www.comexdobrasil.com/a-profissao-de-comercio-exterior-minha-experiencia-entre-1993-ate-hoje/

Admin
Admin

Mensagens : 995
Data de inscrição : 01/08/2011

Ver perfil do usuário http://gscomex.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum